Por
Redator Garante Mais

14 de março de 2022

Compartilhe o post

Sair de uma casa e pagar condomínio vale a pena?

É normal vermos pessoas saindo do conforto de uma casa para a vida em condomínio? Por que será que isso acontece? Será que vale a pena?

Muita gente compra apartamento e empolgada com a novidade, acaba esquecendo que obrigatoriamente, morando em um condomínio, terá que pagar condomínio mensalmente. E quem nunca teve essa experiência, pode ter algumas surpresas, nem sempre agradáveis. Mas será que pagar condomínio vale a pena?

Em uma casa independente, a manutenção é maior em comparação a um apartamento. Afinal, uma pintura, por exemplo, vai ser em uma extensão muito maior, pois além das paredes internas, têm as externas e o muro (se houver).

O portão automático demanda manutenção que o proprietário deve arcar sozinho.

Da mesma forma ocorre com tudo que inclui as instalações hidráulicas e elétricas, os telhados, a segurança, a limpeza etc.

Mas se não for o momento, o dono da casa pode adiar esse gasto, embora existam sempre as despesas repentinas, mas necessárias, como a quebra do motor do portão, por exemplo.

O rateio nos condomínios a princípio parece uma vantagem que vai compensar comparando com a casa. Mas o valor que cabe a cada morador pode acabar sendo alto e impactar bastante no orçamento de uma família, principalmente nas grandes cidades.

Então é bom saber ao certo como funciona e quais são os fatores a serem considerados na hora do seu cálculo.

Resumidamente, a taxa de condomínio é usada para arcar com as despesas fixas e variáveis.  

E quando falamos que em grandes cidades as taxas condominiais são ainda mais altas, é por causa da necessidade de mais segurança, pois o condomínio vai precisar de mais luzes nas entradas – na garagem e para pedestres -, alarmes, circuito de câmeras, cercas elétricas e botões de emergência.

Deu para entender um pouco mais como funciona e o que está incluso no rateio das despesas do condomínio?

Então agora é possível comparar com as despesas de uma casa. Papel, calculadora e mãos à obra!

Gostou das informações? Não esqueça de nos seguir em nossas redes sociais e de acompanhar nosso blog para mais conteúdos como esse!

Tags da matéria